Nenhum comentário

Tenha um oncologista para chamar de seu

O diagnóstico de um câncer determina profundas transformações na perspectiva de vida do paciente. Diversos profissionais farão parte da ornada desde o diagnóstico até o tratamento e reabilitação. Nesse percurso, o oncologista clínico, em geral, será o maestro que permitirá que toda orquestra seja harmônica.

Diversos aspectos são relevantes na escolha desse profissional que conduzirá o paciente em uma trajetória que pode envolver inúmeras demandas. Um deles são as credenciais do oncologista. Saber se o profissional escolhido tem residência médica em algum centro de reputação nacional e reconhecido pelo Ministério da Educação é um dos fatores relevantes que devem ser levados em conta. Essa certificação dá a segurança de que o especialista tem os treinamentos habilidades e experiência para prover os cuidados adequados em oncologia. Adicionalmente, a certificação de sociedades médicas nacionais e internacionais também corroboram esta segurança. No Brasil, a sociedade médica que certifica os oncologistas clínicos é a Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica. Entre as mais importantes sociedades internacionais estão: American Society of Clinical Oncology e European Society of Medical Oncology.

A qualificação de um oncologista não deve se limitar à Formação. Avalie e discuta disponibilidade: ao escolher um médico, é fundamental considerar em quanto tempo é possível agendar uma consulta e, mais, se o profissional escolhido terá disponibilidade de contato em necessidades mais urgentes. Não raro, o paciente não considera que poderá apresentar complicações relacionadas à doença e ao tratamento. Não há garantia de que o paciente alcançará a resposta desejada porque é impossível prever os resultados em diferentes pessoas. Nesses casos, ser assistido pelo oncologista que o conhece pode ser marcante e reduzir, sobremaneira, problemas adicionais.

Nos dias atuais, a oncologia clínica é feita em equipe. O time de médicos que poderá acompanhar o paciente durante toda sua trajetória deve ser conhecido desde o início do tratamento, -permitindo uma adequada interação e criação de confiança nas relações, são esses múltiplos oncologistas, em time, que acompanharão o paciente durante as diversas visitas ao centro de oncologia, poderão interceder prontamente em quaisquer intercorrências e estarão presentes nos momentos em que uma internação hospitalar se faz necessária.

Confiar faz o tratamento ser mais fácil. Para confiar é preciso garantir que a assistência ao paciente poderá ser fornecida em diferentes locais de atendimento que todos os oncologistas do time estejam afiados. Conhecendo com detalhes o caso de cada paciente. A Criação desses times com infraestrutura, reuniões regulares, gerência e navegadores dos pacientes é vital para melhorias constantes e para que o tratamento alcance sucesso. Os oncologistas que fazem parte de um time devem ter os mesmos ideais e compromissos: cuidar melhor sempre, importar-se com o paciente e dedicar-se a otimizar o tratamento.

Dr. Luiz Victor Maia Loureiro
Oncologista
CRM/PB 8766 | RQE 4324

Você pode gostar também de
Geral, Matéria

Mais postagens como essa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu
Open chat
Olá,
Podemos te ajudar?